A última a saber

A Infanta Cristina responde sobre os negócios de Aizoon: “confiava no meu marido”. Foi a última a saber como tinha ganho tanto dinheiro. Já ouvi dizer que a monarquia é imune à corrupção.