Repito: não é candidato

Num blogue temático  sobre a crise, é bom sinal não ter de falar no Sporting. É porque está tudo a correr bem. Mas a verdade é que se chegou a um período crítico. A melhor postura ainda é a do “não somos candidatos ao título”. Mas quem não vê que o Sporting tem mostrado o melhor futebol da Liga e que Porto e Benfica se arrastam por aí sem graça nem chama? As quebras na fachada do “não é candidato” que se vão multiplicando percebem-se. Carregar demasiado na nota do “não é candidato” pode tirar ambição. Passar para a fase do “é para ganhar tudo” é prematuro. A equipa joga bem, mas ainda tem muitos tremeliques naturais e falta de calo. Para além de que o lagarto tem um historial de decepções que não dá para facilitar. Daí estas hesitações entre manter a modéstia e passar ao ataque. Por mim, continuo genuinamente no mood “não é candidato”. Mas atenção: no domingo, é para ir às Antas e partir a cabeça toda aos andrades.

Advertisements


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s