Dores de crescimento

Nos últimos dias ouve-se bastante: ah, o Sporting não jogou nada contra o Rio Ave, as “dores de crescimento” e não-sei-o-quê… É um facto que não jogou nada. Mas o Porto e o Benfica jogaram alguma coisa? E não é preciso ser um génio para ver como as arbitragens foram decisivas: num caso põem o Benfica a jogar contra 10 (um clássico da era Jesus) e o golo é um “chouriço” (como lhe chamou Rui Vitória), no outro tiram ao Sporting uma grande penalidade do tamanho do estádio. Bastava ter sido ligeiramente ao contrário e a história era outra. Ainda estou para ver o Benfica e o Porto fazerem um jogo de jeito.

Advertisements


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s