O Problema

O artigo de Sérgio Aníbal hoje no Público (não está online) é bom. O título diz quase tudo: “Portugal dá sinais de não conseguir crescer sem aumentar as importações”. Num período em que tanto cresceram as exportações, uma ligeira reanimação do consumo e do investimento foi suficiente para as importações aumentarem quase tanto quanto as exportações e praticamente não termos saldo externo positivo (dados do INE). Imagine-se quando reanimarem mesmo. Não é demais insistir: o nosso é um problema de equilíbrio externo e só há três maneiras (separadas ou juntas) de o resolver: competitividade, investimento externo ou transferências unilaterais. O resto é mais ou menos conversa para encher chouriços.

Advertisements


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s