O grande problema

Já estive mais longe de pensar que o grande problema actual do Sporting Clube de Portugal é o presidente. Um só episódio demonstra isso (e explica outros): a declaração de Luís Godinho Lopes, na agora célebre entrevista ao Record, em que diz que Jorge Jesus seria um bom treinador para a equipa de futebol. Imagino como Jesualdo Fereira se sentiu. Ele que vestiu entusiasticamente a camisola do Sporting. Ele que defendeu o presidente e foi desautorizado pelo provável futuro presidente. Ele que afirmou ser o treinador deste presidente e não do hipotético futuro presidente. Não admira que, também ele, se pergunte: mas o que é isto? O que estou eu aqui a fazer? Não admira que também ele se sinta agora incapaz de motivar os jogadores. E este episódio revela muito do que tem acontecido no mandato de Godinho Lopes: nalgum momento, todos os anteriores treinadores (Domingos, Sá Pinto e Vercauteren) terão sentido o mesmo. E a maneira como cada um deles foi descartado parece demonstrá-lo. Todos eles terão sentido que nada daquilo valia a pena. Dito isto, o problema do Sporting não acaba aqui. Mas o inacreditável desastre corrente talvez se explique assim.

Advertisements

One Comment on “O grande problema”

  1. Ana Ferreira says:

    Está bem. Aceito!….trissemanário como a Bola – lembro-me que lá em casa era sempre um dia muito excitante, pois era o único jornal que o meu Pai lia e chegava com dias de atraso….
    Como vê bastou-lhe perder 5m com a entrevista do GL ao Record para “postar”
    Continue. Um abraço


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s