A construção do Saber

Sabe bem observar o saber em acção: na última década, as universidades americanas endividaram-se (como é que se diz? É isso: viveram acima das possibilidades) para se lançarem em projectos imobiliários faraónicos, que agora não conseguem pagar. Sempre se soube que o saber não ocupa um andar.