Doença infantil

O anti-comunismo como discurso de combate político é hoje, à direita, o equivalente do anti-fascismo à esquerda, igualmente histérico, patético, desesperado e inútil. O comunismo propriamente dito, e em particular os partidos comunistas, já pouco representa(m). Poder-se-ia invocar a utilidade de uma espécie de sarronco retórico. Mas para isso seria necessário que ele fosse útil e eficaz, e que a razão pela qual ele se cria valesse a pena. Não é manifestamente o caso.

Advertisements


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s