Continuação de Marrocos

Ainda a propósito de Espanha, andar pela Estremadura (ou por Castela e a Andaluzia, como fiz há uns anos) explica porque o espanholismo vem daqui e o independentismo (catalão, basco ou mesmo galego) não. Independentes, a Catalunha ou o País Basco entrariam para uma liga de prosperidade próxima ou ao nível da Itália. Sem estas regiões, o resto de Espanha seria mais pobre do que Portugal, uma espécie de continuação de Marrocos.

Advertisements


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s