PFEC 5

Gostava mesmo de saber do CDS, para além de umas coisas desgarradas por aqui e por ali. O CDS impediu a subida da TSU (que não é um imposto) para os empregados e aceita agora a subida desvairada dos impostos? Ainda há quinze dias era tudo intolerável. Agora é só moderações. De acordo com Diogo Feio, “mal haja condições para baixar a carga tributária, o CDS estará na primeira linha a defendê-lo. O aumento de impostos para nós é transitório”. “Mal haja condições”? “Estará na primeira linha”? “Transitório”? Meu Deus, que determinação!

A não ser que… Feio admite também uma remodelação do Governo para depois do Orçamento do Estado (sublinhado meu). Será o que parece? Ou seja: nós aprovamos o Orçamento, vocês a seguir pagam-nos em tachos. Não pode ser só isto, pois não?
Advertisements


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s