Portas dentro, Portas fora

Mais impostos para 2013.

Se lhe perguntam se soube. Claro que soube. Se lhe perguntam se teve uma opinião diferente. Teve uma opinião diferente. Se lhe perguntam se alertou. Alertou. Se lhe perguntam se defendeu que havia outros caminhos. Defendeu. Se lhe perguntam se bloqueou a decisão. Não bloqueou, pela simples razão de que ficou inteiramente convencido que isso conduziria a uma crise nas negociações com a missão externa, a que se seguiria uma crise do Governo, a que se seguiria um caos que levaria a desperdiçar todo o esforço já feito pelos portugueses.

Se me perguntam se isto é possível, é possível, mas então de nada serviu matar o Governo, a não ser para matar o próprio CDS. Assim será Portas dentro. A outra alternativa é Portas fora. E se é Portas fora, é Passos fora.



Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s